ELIATRICE GISCHEWSKI – PREPARAÇÃO CORPORAL

Bailarina, Preparadora Corporal e Professora de dança.

Atuou como preparadora corporal dos espetáculos : “Engenho de dentro” (2018) direção de Eduardo Moreira e Antônio Rodrigues, “Parachicos” (2017) direção de Lira Ribas, “A Morte e a Donzela” Direção de Wilson Oliveira(2016); “19:45” Direção de Rita Clemente (2015). ”Cachorro Enterrado Vivo” Direção de Marcelo do Vale (2015), pelo qual foi indicada ao prêmio Cenym de teatro 2017. Em 2014 atou no Curta- Metragem “Guignard Imaginário” dirigido por Izabel Lacerda.

Foi integrante do Ballet Jovem Palácio das Artes de 2007 a 2011, onde participou de montagens com diversos coreógrafos, entre eles: Tíndaro Silvano, Cassilene Abranches, Luis Arrieta, Adriaan Luteijn e Rui Moreira. Como bailarina da Cia MN participou dos espetáculos “Espera”, “Garrafa Enforcada”, “ZHU”, “Nômade”, “Território Nu”, “Parada 7”, “Escapada” e “Faladores” de Mário Nascimento e “Dança de Brinquedo” de Rosa Antuña.

Foi professora de Ballet Clássico e ensaiadora do CEFART- Centro de formação artística e tecnológica do Palácio das Artes entre 2008 e 2015. Participou do festival nacional de circulação nacional Palco Giratório, com os espetáculos “Escapada” e “Faladores” da Cia. Mário Nascimento. Paralelamente à circulação dos espetáculos “Território Nu”, e “Parada 7” (este pelo festival Horizontes Urbanos). Foi indicada a melhor bailarina pelos prêmios Sesc/Sated e Usiminas Sinparc em 2011 e 2012 respectivamente pelo espetáculo Território Nu.

Graduada em pedagogia pela Unopar- Universidade Norte do Paraná. Formada em técnica de dança clássica, e dança contemporânea pelo CEFAR (Centro de Formação Artística) Fundação Clóvis Salgado – Palácio das Artes; Atua como professora, ensaiadora e coreógrafa no Grupo Jovem Arte & Passo.